Conheça 6 lugares para mergulhar com raias mantas!

Ver pela primeira vez aquela enorme envergadura bailando pelo oceano é de uma sensação indescritível em muitos lugares o contato com as mantas podem se estender por muitos minutos e por muitas vezes no dia nos então conheça 6 lugares para mergulhar com raias mantas.

As mantas são verdadeiros símbolos de elegância, liberdade e delicadeza. Conhecer essas criaturas inteligentes e sociais é uma experiência inesquecível. Estes seres são conhecidos por se aproximar de mergulhadores, aparentemente tentando deduzir informações sobre esses “estranhos peixes que soltam bolhas”. Independentemente disso, observar raias, voar, virar e dançar através da água é uma experiência que todo mergulhador deveria ter, por isso a razão deste artigo, facilitar o acesso indicando 6 melhores lugares para mergulhar com raias mantas!

 

1 – Ukulhas Thila – Ari Atoll, Maldivas

 

As Maldivas devem ser chamadas de “A Terra dos Mantas e Tubarões Baleia”. Como os avistamentos são quase garantidos sob as condições corretas, mergulhadores de todo o mundo viajam para aquele arquipélago do Índico. Talvez o local de mergulho mais previsível seja Ukulhas Thila, um pináculo atual entre 50 e 100 pés (15 e 30 metros). O topo do recife é usado uma estação de limpeza pelas arraias manta. Embora mergulhar com as mantas através  dos resorts estejam disponíveis, veja 3 dive resorts de mergulho  nas maldivasa melhor maneira de chegar e aproveitar Ukulhas Thila é por liveaboard, veja aqui a nossa sugestão.

 

 

Quando ir: Dezembro a Abril

Seleção Dive Travel – Liveaboard Carpe Vita ou Carpe Novo

2 – Keauhou Bay – Kona, Havaí

Um dos melhores mergulhos noturnos do mundo e um dos melhores mergulhos com raias mantas do mundo também! O Manta Night Dive de Kona é uma experiência memorável. Sob o escuro da noite, os mergulhadores descem enquanto os barcos acima e os divemasters iluminam a área usando holofotes de alta potência. Essas luzes atraem o plâncton, que por sua vez atrai as mantas que vêm aproveitar a festa. Os mergulhadores têm a melhor visão enquanto as criaturas graciosas voam e voam nas águas acima.

 

 

Quando ir: Abril a Outubro

Seleção Dive Travel – Kona Aggressor II Liveaboard

 

3 – Cabo Marshal – Galápagos, Equador

Próximo a costa nordeste da Ilha Isabela, o Cabo Marshal se estende por uma parede que vai aos 40 metros. É muito comum ver as mantas oceânicas gigantes neste local que fica na rota de quase todos os itinerários de liveaboard. Na água, você simplesmente flutua na companhia das mantas, notando quão graciosas e curiosas eles são. De volta ao barco, fique atento ao comportamento de “saltos” delas que é comumente observado na área.

 

Foto: Roberto Ochoahe

 

Quando ir: Dezembro a Maio

Seleção Dive Travel – COLOCAR GALAPAGOS SKY

 

4 – The Boiller – Ilhas Revillagigedo, México

Distantes do continente mexicano, as ilhas Revillagigedo ficam a 600 quilômetros da costa da Baixa Califórnia. A cada inverno, mais de 500 gigante mantas se dirigem para a ilha de San Benedicto, uma das quatro ilhas do arquipélago. O melhor local para ver essas criaturas é o The Boiler, um enorme pináculo que está a poucos metros da superfície. Tenha em mente que a única maneira de alcançar as Ilhas Socorro (Revillagigedo) é por liveaboard.

 

Quando ir: Novembro a Junho

Seleção Dive Travel – Revillagigedo liveaboard Nautilus Explorer – MAR 2019

5 – Manta Reef – Tofo, Moçambique

Um conjunto fascinante de circunstâncias o faz de Manta Reef um lugar único com impressionantes 3 estações de limpeza em um único local com possível avistamento de até 20 mantas de uma só vez. De fato, aproximadamente cerca de 1000 mantas, entre oceânicas e de arrecifes, visitam este local todos os anos. A razão para tais números são; primeiro, uma corrente rica em plâncton passa por Tofo, dando muita comida às mantas. Em segundo lugar, a jornada até Tofo é feita com predadores, incluindo 11 espécies de tubarão. Muitas das mantas que vêm ao recife de Manta sofreram mordidas de tubarão. As feridas desses ataques precisam ser limpas, criando a necessidade de muitas estações de limpeza e garantindo que as mantas permaneçam nas estações por um período de tempo excepcionalmente longo. Na maioria dos casos, cada indivíduo fica na estação por mais de uma hora.

 

Quando ir: Ano todo, exceto fevereiro e agosto

Seleção Dive Travel – Tofo – Moçambique – Carnaval 2019

 

6 – Laje de Santos – Santos, Brasil

Mergulhar com os gigantes marinho é uma delícia, em especial com esta espécie. A raia manta tem o maior cérebro proporcionalmente ao corpo entre todos os peixes, são animais extremamente curiosos e interativos, o que torna o mergulho muito mais excitante. Ainda que haja uma interação muito grande entre o mergulhador e a manta, o comportamento do mergulhador deve ser pautado pelo respeito pelo magnífico animal e jamais pelo abuso.

Apesar da Laje de Santos estar aberta durante todo o ano, é importante saber os períodos mais frequentes em as mantas poderão aparecer por lá, já que é um animal que gosta de temperaturas mais amenas.

O outono e inverno são as estações ideais para encontrar as mantas, entre abril e agosto. Porém, se for para escolher um mês, opte pelo mês de maio as chances aumentam, mas claro, nada é garantido.

Foto: Osmar José Luiz Júnior

Quando ir: Abril a Agosto

Seleção Dive Travel – Agende a Laje aqui

 

O que você achou deste artigo? Nossa equipe de mergulhadores estará disponível para dar todo o suporte na montagem da sua viagem em busca da melhor viagem para ver as mantas pelo mundo. Estaremos esperando você no WhatsApp (11) 98457 6198 ou info@divetravel.com.br

 

WhatsApp